terça-feira, julho 21, 2009

Fotos Emboloradas no Sótão 2

Continuando a saga de separar as coisas velhas e jogar fora o que não presta, ontem a noite eu peguei os meus álbuns de fotos (pois é, antigamente a gente usava filme pra tirar foto e tinha que revelar em papel) e tratei de organizá-los. Primeiro, para colocar as fotos em um álbum só, de maneira mais organizada e também para descartar um monte desnecessárias.

Fotos, por motivos óbvios, nos remetem às lembranças do passado. Situações vividas e pessoas que você não tem mais contato, mas que, por um período de tempo, foram constantes em nossas vidas. Pelo fato de quase sempre tirarmos fotos em momentos alegres e descontraídos, as lembranças são as melhores possíveis. Tenho fotos de viagens, de churrascos, de bebedeiras, de shows, tanto tocados como assistidos ou mesmo fotos de nada, de ocasião especial alguma, apenas uma desculpa para fazer pose para uma máquina.

Eu não tenho muito o costume de tirar fotos, tanto que a minha máquina, que ainda está em SBO, é uma Kodak 2.o, que eu comprei no Canadá, em 2003, a qual eu raramente uso, então eu dependo da boa vontade dos outros para conseguir fotos. Mas tudo bem, sempre tem um viciado com uma câmera.

As fotos mais novas são digitais, e estão no HD do meu computador, de forma que as fotos selecionadas ontem têm, no mínimo 6 anos, e são filhas únicas, pois os negativos desapareceram.

Vendo as fotos, eu cheguei às seguites conclusões:

- eu era feio pra cacete

- eu me vestia muito mal

- eu tinha (tenho) cara de criança sem barba

- já tive uma porrada de corte de cabelo diferente

- muitos amigos que estão em muitas fotos pertencem à minha vida até hoje, pra minha alegria

- a gente adorava (adora) sair pra beber

- eu tive muitos momentos feliz

- e eu era feio pra cacete. ah, eu já disse isso...

2 comentários:

A.K disse...

eu não estou em nenhuma dessas fotos, então blé...


viciado com uma camera é foda, viu?
eu me regenerei...

gi* disse...

Feio pra cacete não, vc "agradava".

;)