sábado, julho 25, 2009

O Espelho É Nosso Reflexo Deturpado


Quando a Coraline atravessa a porta secreta, e sai no outro mundo, no primeiro momento é tudo bonito e agradável, é como se fosse uma versão perfeita do seu próprio mundo. Mas, conforme as situações foram se sucedendo, ela percebeu que lá era apenas uma versão deturpada de sua vida, que primeiro tentou agradá-la para depois devorá-la.

O espelho transmitia uma imagem deturpada de tudo, e é assim que funciona, porque na verdade ele reflete uma verdade inconveniente, aquela que quando pomos na boca é doce, mas que quando engolimos passa a ser amarga, deixando um gosto desagradável.


Estou com um gosto amargo na boca. Olhei para o espelho e vi a face pálida da mentira. Senti a dor infligida por cada pedaço de vidro que voou após o espelho estourar, cansado de fingir a verdade. Juntei os cacos, para montar uma nova peça e vi então os retalhos da minha face verdadeira.

Dizem que precisamos sentir na pele para saber o fazemos os outros sentir, mas nem sempre chega necessário tanto. Se conseguimos ver o outro lado do espelho, o opaco, sem brilho e sem reflexo, percebemos enfim como nos veem.

Não quero mais espelhos rachados nem imagens retalhadas. Não quero mais o gosto amargo que desce pela garganta, nem o peso da pedra que se acomoda no estômago. Não quero mais o calor que vem da dor de outrem. Não quero mais o reflexo deturpado de quem eu não sou. Não quero mais viver no Outro Mundo, ele não é mais legal, perdeu a graça.

2 comentários:

Doggas disse...

small question 1st: is this a philosophy or a true fact? hahaha

odeio espelhos.

gi* disse...

http://www.hkocher.info/minha_pagina/port/port_n08.htm

O dia que está por vir,o seu dia, só depende de você!!

Bjux