quinta-feira, julho 30, 2009

Straight Eye for the Queer Guy

Antes um aviso: esse texto não faz questão alguma de ser politicamente correto. Assim, quem se irrita facilmente ou não sabe brincar, nem precisa continuar a leitura. Tchau.

No casamento do Roger e da Sá, estávamos bebendo e conversando eu, ele, o Fábio, o Toloi, o Naka e o Paulo, quando começou a tocar uma música da Madonna e um monte de gente foi dançar. Daí começamos a discutir se um homem pode gostar de Madonna e, chegamos a conclusão que ele pode até achar algumas músicas legais e achar ela gostosa, mas não pode ser fã dela, pois isto está restrito às mulheres e aos gays. Mas o problema é que existem alguns heterossexuais que gostam dela!

E, na verdade, o grande problema mesmo é que vivemos um momento em que a sociedade está tornando os homens cada vez menos homens, como se isso fosse um problema. Hoje, os exemplo de homens são o Hugh Grant, o Kaká e o Backham, filhos da mamãe bunda moles e que usam mais cremes que mulheres.

Para deixar bem claro, eu não estou falando de homossexuais, isso é uma outra história. Respeito eles, convivo muito bem com eles e quem me conhece sabe do que eu estou falando, mas sim dessa merda de 'macho' sensível que inventaram. Certo, como eu post na lista abaixo, o homem tem sim que respeitar a mulher, saber cozinhar, ajudar na casa e cuidar da aparência (com moderação) mas ao mesmo tempo não perde por nada o seu futebol, sabe trocar o pneu do carro e o chuveiro do banheiro, não ter problema em sentar num boteco sujo pra beber cerveja, comer amendoim e falar das gostosas.

Naquele casamento, com a pinga na cabeça, começamos a discutir como isso poderia mudar, como evitar que nós, machos de respeito, fossemos substituídos por essa coisa de metrossexual. Porque um macho de respeito abre a porta do carro pra mulher, mas quem dirige é ele. Passa perfume, mas não divide o creme com a namorada. E, se possível, não torce para o São Paulo. E chegamos a conclusão que essas coisinhas (também conhecidas na adolescência como emos) precisam é de um tratamento de choque.

Não existia na TV um programa chamado Queer Eye for the Straight Guy, onde cinco gays ajudavam um hetero? Então, nesta onda de reality shows concluímos que cairia muito bem um
Straight Eye for the Queer Guy, ou Machômetro, onde esses rapazinhos seriam levados para fazer coisas de macho, como tomar pinga as cinco da tarde em um bar de peão, trabalhar como servente de pedreiro, trocar o pneu de um carro e ir clube de strip, tendo que passar a mão na bunda das meninas e falar impropérios como 'gostosa, 'vagabunda' ou 'cachorra'.

Certo, são coisas extremas, exageradas, mas é parte da piada, ou do tratamento de choque mesmo. Cara quer ser homossexual, maravilha, é um direito de cada um escolher o que quer fazer com as suas coisas, mas não me venha com essa porra de macho sensível. Porque a mulher não quer um macho sensível, ela quer um gay para melhor amigo e um homem de verdade na cama.

E vivam os machos de respeito! Vamos tomar uma cerveja, dar uma coçada no saco e pegar umas gostosas pra comemorar.

14 comentários:

Lari disse...

Amém, amém e amém! Fantástico. Metrosexual o car... eu gosto é de homem macho. E viva os #machosderespeito!
Beijo

Paulo F. disse...

Porra. Homem que acha Madonna gostosa não é homem. Puta travecão feio da porra.

Doggas disse...

hahahahahahaha adoreeeeeeei! eh verdade. homem fresquinho, q olha mais pro espelho que pra bunda da namorada tem problemas serios. hahaha
bjs
Isa

Lóh disse...

Ai ai..ta cada vez melhor ler sobre os #machoderespeito!
Foi fodástico seu texto(só pra variar)

Dani Valente disse...

Aêêêê!!!!! =D
Macho que é Macho De Respeito tem peito pra escrever um post desse!!!
A-D-O-R-E-I !
Faço minhas as palavras da Lari!!

E se precisar de uma fêmea de respeito pra dar umas palmadas nesses emos, me chama que eu vou! Faz parte do tratamento de choque, ué...hahahahaha


Beijo!

Ju disse...

Eu conheço uns #machoderespeito ai que usam uns creminhos e tudo mais!!! rsrsrsrs...
Sem preconceitos, vai?!
Macho que se cuida, que é educado, gentil é bom demais... mas é claro que além disso, tem que representar no "vamovê".

Gostei do post. Bjo

Alê Marucci disse...

Achei que você entendia um pouco mais sobre as mulheres (se bem que todas as suas amigas aí em cima concordaram com você, o que me faz pensar que talvez essa nova geração de mulheres pensa bem diferente da minha).
Sou mais um metrossexual cheirosinho na minha cama do que um cara que vai a puteiro chamar mulher de vagabunda (uma das suas definições de macho de respeito). Isso sim é que é coisa de boiola. Homem que é homem não precisa ficar atestando masculinidade.
Beijo.

Juliana disse...

Gostei do post, apesar de discordar de algumas coisas. Homem que é homem não chama mulher de gostosa como se fosse uma 'mercadoria'. Não precisa usar o creme da namorada também, mas tem que se cuidar. E sim, concordo com o post acima, não precisa ficar atestando masculinidade, mas tem que agir como homem, com H maiúsculo. Beijo!

Juliana disse...

Gostei do post, apesar de discordar de algumas coisas. Homem que é homem não chama mulher de gostosa como se fosse uma 'mercadoria'. Não precisa usar o creme da namorada também, mas tem que se cuidar. E sim, concordo com o post acima, não precisa ficar atestando masculinidade, mas tem que agir como homem, com H maiúsculo. Beijo!

Hiran Eduardo Murbach disse...

2 coisas a se esclarecer:

1. não é um atestado de masculinidade. é uma 'brincadeira' sarcástica contra a 'boiolização' dos heteros.

2. continuando na brincadeira, essa coisa de ir pra puteiro é claramente caricata e exagerada, como nós planejamos no casamento do Roger

Mas, cada um entende o que quiser. Não é pq eu só escrevo coisa séria e trágica neste blog que eu não posso ser irônico e engraçadinho =)

Carol disse...

Macho que é macho arrota testosterona. by @Carcamanos

Agora sério: macho que é macho, sabe que é macho e pronto!!! Sem mais frescuras! E pronto.

Beijoca!

gi* disse...

Ótimos post's como sempre.
Se tratando de alguns detalhes masculino isto está sendo sensacional =p

Bjux guri

orapilulas disse...

É isso aí, machômetro neles!!!!

E vamos colocar esse reality show pra funcionar antes que copiem a idéia. Hahahahahahahahahahahahahaha

Lucí disse...

rsrs..

Já fui muito criticada por fazer parte do time das mulheres que prefere o que vc chama de "macho de respeito" (deixando claro que discordo de alguns mandamentos do post anterior!).

Enfim, tens razão. Eu não consigo aceitar a idéia que algumas mulheres que gostam de homens metro.. eles são chatos! Vivem malhando, se lambuzando de cremes, e se acham perfeitos e para eles com certeza não existe mulher perfeita.

Ainda ontem discuti com uma amiga que dizia que por mais que ela tivesse um carro na garagem ela não tinha coragem de dirigir! E não entendia como homens eram bons de direção, matemática e não sofriam por amor!..

Isso tem explicação, homens são lógica, mulher emoção, isso tá explicado no desenv. dos hemisferios do cerebro que comandam a racionalidade e a emoção.

As mulheres a anos vem começado a desenvolver a logica e os homens agora que iniciaram o desenv. da emoção (alguns estão exagerando!)

Então assim como homem nao gosta de mulheres racionais (inteligentes em excesso, que sejam independentes..etc..etc), mulheres tbm nao gostam de homens emocionais demais!

Mas eu gosto desse homem moderno que é tres em um: bom pai, bom marido.. trabalha e sustenta a casa..rsrs

Bjinhosss.. (eu sou bem racional e casei com um bemmm emocional sem deixar de ser macho de respeito!)